Como criar uma rotina de estudos? – Guia Completo

Muitos alunos possuem dificuldade em estudar, não conseguem se motivar e acabam não aproveitando tão bem o tempo de estudo. Se você se identifica como um desses alunos, uma ótima solução para lhe ajudar nos estudos é a criação de um rotina de estudos.

Com ela, você aproveitará melhor o seu tempo de estudo. Conseguirá aprender mais em menos tempo, e o estudo não será mais visto como um pesadelo.

“Mas como eu crio uma rotina de estudos?” Você deve está se perguntando, mas não se preocupe que ao longo desse artigo você aprenderá passo-a-passo de como ter uma rotina de estudos e tirar o máximo de benefício dela.

O que é uma rotina de estudos?

Dúvida nos estudos
O que é uma rotina de estudos?

Uma rotina de estudos é basicamente o hábito de estudar todos os dias, um pouquinho a cada dia, o que torna facilita o aprendizado tornando ele em algo automático e prazeroso.

Tanto estudantes que estão se preparando para o enem/vestibular quanto estudantes que já estão na universidade possuem uma carga muito alta de assuntos para estudar. Por esse motivo, a administração do tempo e organização de matérias e assuntos é indispensável para o sucesso do aluno.

E uma das melhores formas de conseguir isso é através do desenvolvimento de uma rotina de estudos. Ela é de fundamental importância para o seu desempenho como aluno, conforme você verá logo abaixo.

Qual é a importância de possuir uma rotina de estudos?

Importância da rotina de estudos
Qual é a importância da rotina de estudos?

Uma das coisas mais importantes e que mais facilita a vida de um estudante é sem dúvidas possuir uma rotina de estudos. Existem 2 motivos principais para isso.

1 – Porque é um excelente técnica de estudos.

Fazendo com que você aprenda o assunto um pouquinho a cada dia, o que torna o estudo mais fácil e prazeroso. Além de evitar que você acumule muito conteúdo para estudar, o que pode se tornar um grande problema no futuro.

2 – Porque com o uso de uma rotina de estudos você tornará o seu estudo automático.

E quando isso acontecer você poderá estudar todos os dias sem se ao menos se preocupar. (mais ou menos igual ao fato de você sempre escovar os dentes após as refeições, algo que você sempre faz não importando como se sinta ou se tem muito ou pouco tempo livre).

Como criar uma rotina de estudos?

Como criar uma rotina de estudo
Com apenas 3 passos você pode criar sua rotina de estudos

Para construir uma rotina de estudos você irá precisar seguir 3 passos:

O primeiro passo é possuir uma “deixa”, ou seja, algo que você irá fazer toda vez antes de começar a estudar. Isso  fará com que o seu cérebro sabia que agora é hora de estudar.

Essa deixa pode ser basicamente pode ser qualquer coisa. Como por exemplo: beber aguá, ouvir alguma música especial, comer alguma coisa, tomar um banho, etc.

O importante é que você sempre siga esse ritual antes de estudar para que o seu cérebro possa se acostumar.

O segundo passo é o “hábito”, ou seja, o ato de estudar.

Assim, toda vez que você fizer a “deixa” você deve começar de imediato a estudar. Não precisar ser por muito tempo, 20-25 minutos no início já é uma boa quantidade de tempo.

Pois você não poderá dizer que não tempo para estudar devido ao fato de todo mundo ter pelos menos 20-25 minutos livres todos os dias. E também não será muito tempo de estudo, o que faria você e o seu cérebro ficarem muito cansados.

Se possível tente estabelecer o mesmo horário todos os dias. Isso fará com que você se adapte com mais facilidade à rotina.

O terceiro passo é a “recompensa”, ou seja, algo que irá ganhar após a sessão de estudos. Pode ser qualquer coisa que lhe der prazer e lhe faça sentir bem.

Como por exemplo: um episódio da sua série favorita, um chocolate, uma soneca, dar uma olhadinha no whatsapp, ou qualquer outra coisa que seja prazerosa para você e que você possa fazer todos os dias.

Esse passo é muito importante, pois fará com que o cérebro associe o prazer ao estudo. E isso fará que com o passar dos dias o estudo se torne cada vez mais prazeroso.

Dicas extras!

Calendário
Usar um calendário é uma ótima forma de criar uma rotina de estudos

Use um calendário para registar o seu progresso. Cada dia que você seguir sua rotina de estudos você irá marcar um “X” no referido dia e contar o número de dias consecutivos que você conseguiu realizar a sua sessão de estudos.

Caso por algum motivo você não consiga concluir sua sessão de estudos você deve deixar o dia em branco e começar a contar do zero.

Assim que conseguir realizar sua rotina por 30 dias consecutivos, você deve se recompensar com algo grande, pois essa é uma grande vitória.

Uma última coisa, no começo será bem difícil seguir sua rotina, o que é totalmente normal. Mas com o passar do dias vai se tornar cada vez mais fácil até se tornar algo automático.


Isso é tudo por hoje. Se você gostou do artigo e achou as dicas úteis, não se esqueça de compartilhar com os seus amigos para que assim eles também possam de beneficiar dessas importantes dicas.

Curta nossa página no facebook para ficar por dentro das novidades e dos últimos posts e sinta-se a vontade para deixar o seu comentário com a sua opinião sobre essas dicas.

Youtube Educação

9 canais do youtube para aprender de tudo

Que o youtube é uma plataforma maravilhosa de vídeos, todo mundo já sabe. Mas e se eu falar para você que o youtube também pode ser usado para estudar e adquirir novos conhecimentos, o que você me diria?

Seja qual for a sua resposta, nesse artigo terei o prazer de compartilhar com você 9 ótimos canais do youtube para aprender de tudo.

Sem mais enrolação, vamos direto para nossa lista de canais.

#1 – Manual do Mundo

Com quase 10 milhões de inscritos, o canal Manual do Mundo mistura ciência com coisas do dia-a-dia, gerando vídeos incríveis sobre os mais variados assuntos.

Seus vídeos incluem curiosidades, experimentos, invenções, viagens a lugares sensacionais, além de respostas a várias perguntas que nos fazemos.

Os vídeos são apresentados por Iberê Thenório e sua esposa, contando muitas vezes com participações especiais. Vídeos novos são postados toda terça, quinta e sábado.

Se você ainda não conhece esse canal, está perdendo uma oportunidade incrível de aumentar os seus conhecimentos e se divertir ao mesmo tempo.

#2 – Nerdologia

O canal Nerdologia está chegando aos 2 milhões de inscritos e seus vídeos conseguem misturar de forma perfeita o mundo nerd com ciência. O que resulta em vídeos incríveis para todos aqueles que gostam de filmes, histórias em quadrinho, séries e livros.

Seus temas envolvem desde física, química, biologia, história até curiosidades do mundo Nerd. Sempre explicando de forma científica e didática, citando tanto exemplos reais quanto exemplos do cinema e de livros.

A pesquisa dos assuntos e apresentação dos vídeos são feitas por Atila Iamarino e Filipe Figueiredo. Apresentadores esse que são super carismáticos e conseguem manter a sua atenção no vídeo do começo ao fim.

Vídeos novos são lançados no canal toda terça e toda quinta, sempre às 11h da manhã. Atualmente o canal conta com mais de 300 vídeos sobre os mais variados assuntos.

#3 – Canal Nostalgia

O canal Nostalgia possui mais de 10 milhões de inscritos e possui vídeos para todos os gostos.

Para aqueles que buscam aprender mais sobre história, o canal possui vários vídeos super completos de assuntos como primeira e segunda guerra mundial, guerra fria, história do Brasil, entre outros. Já os interessados em ciência irão encontrar vídeos como Big Bang, buracos negros, origem da lua, etc.

Mas caso você seja um amante do cinema, não se preocupe, pois encontrar muitos vídeos falando sobre história, curiosidades e teorias sobre os personagens.

E caso você esteja apenas querendo se divertir e passar o tempo, o canal Nostalgia também possui animações, vídeos de vlog e paródias.

O roteiro e apresentação dos vídeos é feita por Felipe Castanhari, contando muitas vezes com participações especiais. Vídeos novos são postados toda semana.

#4 – Me Salva

Com cerca de 1,4 milhões de inscritos o canal Me Salva é mais voltado para estudantes que irão prestar o Enem e/ou vestibular.

Possui várias videoaulas sobre todos os assuntos do ensino médio que caem nas provas do Enem e/ou vestibular. Todas as videoaulas são didáticas e bem explicadas.

Além do canal do youtube, o Me Salva também possui uma plataforma de estudos, onde o aluno assina um pacote e tem acesso a mais recursos de estudo.

Se você vai prestar o Enem ou algum vestibular, esse canal pode ser a ajuda que você estava procurando.

#5 – TED TALKS

Agora imagina um lugar onde as pessoas mais incríveis e as mentes mais brilhantes do mundo se encontrassem para dividir com você todo o conhecimento que elas possuem, conseguido através de décadas de estudo e trabalho?

Sensacional, não é mesmo? E se eu lhe falar que esse lugar existe e está no disponível no youtube?

Pois sim, ele existe e se chama TED TALKS, iniciativa que surgiu com o objetivo de divulgar “ideias que merecem serem disseminadas”.

Em cada um dos vídeos um palestrante famoso na sua área tem cerca de 15 minutos para demostrar e ensinar algo fantástico que ele descobriu em sua vida. O resultado são vídeos recheados de conteúdo altamente valioso que você não encontrará em nenhum outro lugar do mundo.

O canal TED TALKS possui 9 milhões de inscritos e posta vídeo novo todos os dias. Os vídeos são em inglês, mas a grande maioria possui legendas em português. Se você ainda não conhece esse canal, você não sabe o que está perdendo.

#6 – Youtube Edu

E que tal uma iniciativa de juntar os melhores professores e as melhores videoaulas do youtube em único lugar?

Parece sensacional, não é mesmo? Pois bem, ela existe e se chama Youtube Edu.

O canal reúne o que há de melhor na internet na área de educação e coloca em apenas um local. Organizando os conteúdos em playlists, o que permite que os estudantes encontrem rapidamente a videoaula perfeita para os seus estudos.

O canal já conta com 300 mil inscritos e uma infinidade de vídeos.

#7 – Ciência Todo Dia

O canal Ciência Todo Dia junta ciência com coisas do dia-a-dia para fazer vídeos incríveis.

O canal possui cerca de 300 mil inscritos e está crescendo aos poucos. Os vídeos são feitos e apresentados por Pedro Loos, que explica de forma simples conceitos e curiosidades da ciência.

Se você é um apaixonado pela ciência, não deixe de dar uma olhada nesse canal. Vídeos novos saem quase toda semana.

#8 – Alimente Seu Cérebro

Todos nós sabemos que o cérebro é um órgão incrível, e que para se manter saudável precisa ser exercitado constantemente.

Pensando nisso, eu gostaria de lhe recomendar o canal Alimente Seu Cérebro. Canal onde você poderá exercitar sua massa cinzenta com vídeos sobre ciência, filosofia, física, história e vários outros assuntos.

O canal Alimente Seu Cérebro ainda é pequeno com cerca de 100 mil inscritos, mas o seu conteúdo é de qualidade e vale muito a pena ser visto.

A apresentação dos vídeos é feita por Devanil Júnior e vídeos novos são postados semanalmente.

#9 – AulaLivre.Net

Quer saber onde aprender todos os conteúdos necessários para o Enem e vestibulares com professores super didáticos e bem humorados?

Se sim, esse local se chama AulaLivre.Net, canal dedicado ao compartilhamento de videoaulas sobre todos os assuntos do ensino médio.

Professores didáticos e aula completas são marca registrada do canal. O canal possui quase 900 mil inscritos e garanto depois que você assistir as videoaulas, também irá querer ser um inscrito.


Esses foram alguns dos melhores canais do youtube para aprender coisas novas. Confira e se inscreva neles e você terá um grande acervo de conhecimento a sua disposição.

Como passar em Medicina

Como passar em Medicina: confira dicas de um aluno que foi aprovado na UFRJ

Como passar em Medicina? Essa é uma pergunta que muitos alunos se fazem constantemente e muitas vezes não conseguem encontrar a resposta que procuram.

Por causa disso, hoje teremos aqui no blog Aluno Nota 1000 um convidado especial, Diego Bosnich, estudante de 18 anos que foi aprovado em Medicina na UFRJ.

Entrei em contato com ele para perguntar se ele aceitaria dá uma entrevista aqui para o blog contando um pouco da sua história e como foi a sua jornada até conseguir ser aprovado em Medicina na UFRJ.

O mesmo foi super educado e respondeu as perguntas com o maior carinho. A entrevista na integra você confere logo abaixo. Espero que gostem e que essas dicas ajudem o máximo de alunos a entrar na faculdade dos seus sonhos.


Quantos anos você tem?

Acabei de completar 18.

Você é de qual cidade?

Nasci em São Paulo-SP, mas logo na infância me mudei para Frutal-MG, onde moro até hoje.

Em quais escolas você estudou?

Cursei o Ensino Fundamental I numa escola municipal chamada Alonso de Morais e o Ensino Fundamental II e o Ensino Médio numa escola particular pequenininha chamada Colégio Galileu Pré-Vestibular, da qual eu fui da primeira turma inaugurada e onde eu tive bolsa integral desde sempre.

Essa foi a primeira vez que vc fez o Enem?

Não, fiz 3 vezes ao todo: no 9º ano do Ensino Fundamental (2014), no 1º e no 3º anos do Ensino Médio (2015 e 2017).

Se não, qual foi o seu resultado nas outras vezes que fez o Enem?

Com 14 anos, eu decidi provar para mim mesmo que era capaz de passar no vestibular. Estudei algumas matérias do ensino médio que mais caem no ENEM por conta própria e prestei a prova. Terminei com uma média de 720 pontos e 760 na redação.

Esse ano (2014) foi o último em que os treineiros podiam aplicar suas notas para o SISU, então eu acabei passando em 4 cursos com essa nota: Eng. Elétrica e Eng. Civil na UEMG, Lic. em Física na UFTM e Eng. Química na UFTPR. Já no ano seguinte, não pude me inscrever no SISU, mas tive média 735 e 880 na redação.

Como foi a sua rotina de estudos ano passado?

Em 2017, eu ia para a escola de manhã, almoçava, depois voltava ao colégio para dar monitorias aos meus colegas (o que custeava a minha bolsa de estudos). Às 16h, ia para o trabalho (eu era professor de música no Conservatório da minha cidade) e, a minha rotina de aulas variava de acordo com os dias da semana, mas em geral, voltava para casa às 20:30. Meu estudo sozinho acontecia em intervalos entre as aulas que eu dava e após eu chegar em casa do trabalho.

Você reservava tempo para ir para festas, cinema, passeios, etc ou teve que sacrificar tudo?

Sempre fui muito caseiro, então para mim não foi uma questão ter que reduzir meus momentos de lazer. Mas quando tinha oportunidade, não via problema em me divertir com moderação. A saúde mental também é muito importante no ano do vestibular.

Quais foram as dificuldades encontradas na sua preparação para o Enem?

A principal dificuldade que eu encontrei foi não ter tanto tempo de estudo quanto eu gostaria devido ao meu trabalho. Além disso, tive alguns professores não muito bons, que dificultavam meu entendimento da matéria, o que me demandava mais tempo para estudar a teoria sozinho.

Como foi no dia do Enem, você ficou nervoso? Como foi sua rotina?

É impossível ficar 100% calmo numa situação como essa, mas eu achei que fiquei bem tranquilo. No segundo dia, inclusive, como tinham mais matérias com as quais eu me dava melhor, me senti confiante em excesso, o que prejudicou o meu desempenho.

Mas, no geral, acho que a minha calma me ajudou mais do que atrapalhou. Nos dias de prova, procurava ter dormido bem, me arrumar com antecedência e cuidar da minha alimentação. Eu me sentia com mais controle sobre essa situação tensa se mantivesse tudo muito bem organizado nesse dia.

E depois do Enem, você achou ter feito uma boa prova?

Não mesmo rsrsrsrs. Principalmente por ter me sobrado pouquíssimo tempo para a redação no primeiro dia e por ter acertado bem menos questões do que eu estava acostumado pelos simulados no segundo dia.

Como foi a espera pelo resultado, muita ansiedade?

Até o começo de janeiro, continuei prestando outros vestibulares, então não lembrava muito do ENEM. Depois que as provas acabaram, fiquei muito ansioso, mas não tanto pelo ENEM, porque não achava que tinha ido bem. Só depois que as minhas notas saíram, comecei a nutrir expectativas de passar num curso bom.

Quando o resultado saiu, qual foi a sua reação?

Fiquei incrédulo, sem reação por algum tempo, especialmente pela minha nota de redação. Anteriormente, tinha achado o tema muito complicado, e fiquei um pouco decepcionado por ter tido pouco tempo pra escrever (cerca de 40 min) e por ter precisado escrever o meu texto diretamente na folha oficial. Por causa disso, me surpreendi muito quando vi que tinha tirado 980 na redação.

Na hora de escolher o curso, Medicina sempre foi a sua primeira opção? Por que?

Não. Sempre me interessei por medicina, mas ao longo do Ensino Médio, tive muitas dúvidas sobre qual carreira escolher entre medicina, música e física.

Qual foi a sensação de ver o resultado do SISU e descobrir que passou em Medicina?

Uma felicidade absoluta seguida de uma gratidão imensa por todos que acreditaram em mim e me ajudaram a chegar até aqui. Não conseguia parar de sorrir nem por um minuto kkkk. Parece que todas as dificuldades que eu enfrentei nunca existiram.

Alguma vez passou pela sua cabeça que talvez você não conseguisse passar em Medicina?

Sempre soube que conseguiria passar, porque sabia que não iria desistir. Mas tive muitas inseguranças quanto à aprovação direto do terceiro ano, embora lidasse bem com a possibilidade de não passar.

Quais dicas você daria para os alunos que vão fazer o Enem esse ano?

Conheça profundamente a prova e construa uma preparação direcionada. Saiba o que mais cai em cada matéria e os pesos de cada área para o seu curso e estude sempre pensando nisso. Faça muitos simulados, pois o conhecimento é só uma pequena parte do que é necessário para ser aprovado: gestão de tempo e estratégia de prova são tão fundamentais quanto saber o conteúdo, especialmente no ENEM.

E, acima de tudo, zele pela sua saúde mental: seu bem-estar é mais importante que qualquer prova e, estando tranquilo na hora H, você estará em condições de passar para o papel todo o conhecimento que você construiu ao longo de anos de estudos.

Você acha melhor curso presencial ou online?

Acho que não existe uma resposta absoluta para essa pergunta. Existem perfis de alunos mais adequados para cada um deles e cabe a cada um, dentro das suas possibilidades, testar e ver a qual se adapta melhor.

Quais cursos ou materiais você indicaria para quem vai fazer o Enem esse ano?

Livros didáticos são fantásticos para teoria. Indico alguns que eu utilizei, com o Amabis e Martho para Biologia, o Tópicos de Física (para Física, obviamente kkkk) e o Feltre para Química.

Quanto a exercícios, gosto muito da organização do material do Hexag Medicina, disponibilizado gratuitamente no grupo do facebook deles.

Quanto a videoaulas pagas, acho o Descomplica fantástico para redação (teoria), gosto também do Jubilut, do Paulo Valim, do Ferretto, do FísicaFabris e do Geografia Irada, que são os que eu já tive contato, mas sei que existem outras plataformas excelentes.

Para um aluno que não tem condições de pagar cursinho online ou presencial e deseja tirar uma boa nota no Enem, quais seriam os seus conselhos?

O Youtube é um celeiro de conhecimento maior do que imaginamos. Muitas vezes, apesar de assinar alguns cursos pagos, eu preferia assistir a aulas do youtube, as quais eram algumas vezes mais dinâmicas, variadas e aprofundadas do que as dos cursos.

Além disso, existem projetos de estudos gratuitos excelentes, como o Hexag Solidário, o Projeto Medicina e muitos perfis de estudo no instagram com Drives recheados de material gratuito (indico especialmente o @futuro jaleco). A aprovação no curso dos seus sonhos percorre um caminho tortuoso, mas possível e muito gratificante.

Se você tivesse que dar apenas uma dica de estudo, qual seria ela?

Sócrates já fez isso por mim: “Conhece-te a ti mesmo”. Cada pessoa é única, tem seu próprio jeito de aprender e seu próprio tempo até a aprovação. Conheça-se, respeite-se e nunca se compare com ninguém.

Finalizando a entrevista, você gostaria de falar algo para todos os alunos que irão realizar a prova do Enem 2018?

Quando vocês passarem, a alegria vai ser tamanha que vocês vão esquecer de todas as dificuldades. Por isso se esforcem, deem o seu melhor e cuidem sempre da saúde física e mental. O seu sonho vale a pena! No mais, boa sorte a todos, quero ver todo mundo feliz na faculdade vivendo a vida que sempre sonhou.


Essa foi a excelente entrevista com Diego Bosnich sobre como passar em Medicina, recheada de ótimas dicas de estudo e de ótimos materiais. Além de uma energia muito positiva que motiva qualquer estudante a seguir seus sonhos e estudar até dá certo.

Espero que tenham gostado da entrevista, deixem um comentário com sua opinião logo abaixo e se inscreva na nossa lista de e-mail para não perder nenhum artigo do blog.

Mais um vez agradeço a Diego Bosnich pela disponibilidade e pelas ótimas dicas.

Aluno Nota 1000!

Memes Wallpaper

Os melhores memes do SISU 2018

Hoje é mais um belo dia de domingo para a maioria das pessoas, porém para vários estudantes que prestaram o Enem 2017 e que se inscreveram no SISU esse é um momento de muita ansiedade. Pois amanhã por volta das 10h da manhã sairá o resultado final do SISU.

Mas enquanto esse momento não chega, que tal matar um pouco da ansiedade vendo os melhores memes do SISU 2018?

Como sempre uma das maiores especialistas do brasileiro é gerar memes de qualidade, e os memes do SISU desse ano foram ótimos. Dito isso, espero que gostem dos memes e desejo a todos boa sorte no SISU.

#1 – Eis que você pesquisa o significado de SISU

Meme do SISU - Significado de SISU

E você pensado que o significado de SISU era Sistema de Seleção Unificada, sabe de nada inocente.

#2 – Mas mesmo assim continua confiante que vai dar tudo certo

Memes do SISU - Confiança é tudo

Confiança é tudo na vida, ou será que não?

#3 – Mas quando vai entrar no SISU aparece uma mensagem subliminar

Memes do SISU - Mensagem subliminar

O que será isso? O símbolo da playboy, algum símbolo satânico, dangerous woman? Você decide nos comentários.

#4 – Agora está na hora de procurar o curso ideal para você

Memes do SISU - Universidade federal da cerveja

Será que a concorrência para essa universidade é muito alta?

#5 – E então vem a primeira nota de corte, e você é a própria nota de corte

Memes do SISU - Nota de corte

Qual é a possibilidade disso acontecer? É mais fácil ganhar da loteria do que isso acontecer? Será que essa pessoa consegui entrar no curso que se inscreveu? São muitas dúvidas…

#6 – Tudo que lhe resta é torcer pelo futuro

Memes do SISU - SISU não me corte

Poxa, nunca lhe pedi nada SISU, ajuda aí por favor.

#7 – Mas o pior acontece

Memes do SISU - Quase deu

Se tá falando sério? Ih rapaz… Putz cara.

#8 – Sua única reação é a seguinte

Memes do SISU - Ontem estava dentro das vagas

Parece que o jogo virou, não é mesmo?

#9 – E a situação piora

Memes do SISU - Vagas 10, posição 500

 

O importante é sempre acreditar.

#10 – Então você começar a pensar em soluções alternativas

Memes do Enem - Medicina

Pode sim, depende do professor. Na verdade não, tô brincando, por favor não tente assistir aula sem está matriculado no curso, rsrs

#11 – E começa a tomar medidas mais drásticas

Memes do SISU - Concorrentes no SISU

É por causa disso que o SISU não revela o nome das pessoas que estão na sua frente. Vai me dizer que não sabia?

#12 – Mas você se lembra que ainda tem uma carta na manga

Memes do SISU - Cotas

Eu invoco a minha carta mágica “Cotas”, automaticamente ficará dentro da lista de classificados e com isso encerro minha jogada.

#13 – Só resta agora saber a última classificação parcial, mas para isso será preciso voltar no tempo

Memes do SISU - SISU 1969

Alguém tem uma máquina do tempo para emprestar ou alugar?

#14 – Contudo, você decide não se preocupar com isso

Memes do SISU - Não vou pensar muito nisso

É… Não deu muito certo.

#15 – Finalmente sai a última classificação parcial e sua reação é a seguinte

Memes do SISU - Arrasar no SISU

Temos um soldado ferido, precisamos de reforços urgente.

#16 – E nossa ex-presidente Dilma decide resumir o que foi o SISU

Memes do SISU - Dilma resume SISU

Se a Dilma falou, então tá falado.

#17 – Final 1: Mas na classificação final você descobre que passou

Memes do SISU - Documentos SISU

Documentos para a faculdade? Nunca nem vi, tô sabendo de nada disso não.

#18 – Final 2: Ou então você descobre que não passou e precisa falar para sua família

Memes do SISU - Filho revoltado porque não passou no SISU

Sem comentários, a revolta atingiu um novo nível, kkkkk

#19 – Contudo você fica feliz porque o Enem 2018 será mais fácil, ou será que não?

Memes do SISU - MEC aumentará dificuldade do ENEM

Achou difícil o Enem 2017, não se preocupe esse ano será melhor.


Esses foram os melhores memes do SISU 2018, espero que vocês tenham se divertido e até o próximo post.

Deixe um comentário falando qual foi o seu meme favorito e se inscreva no nosso e-mail para não perder nenhuma das novidades do blog.

Aluno Nota 1000!

As 10 melhores dicas de estudo.

Dicas de estudo: confira as 10 melhores

Cansado de estudar e não aprender nada? De passar horas e horas lendo textos e mais textos e minutos depois não lembrar de mais nada? Caso positivo, confira agora as 10 melhores dicas de estudo que irão aumentar drasticamente os resultados do seus estudos.

Quais são as melhores dicas de estudo?

Respondendo essa pergunta, as melhores dicas de estudo são aquelas que realmente funcionam para você. Logo abaixo passarei um lista com minha opinião pessoal das 10 melhores dicas de estudo. Opinião essa que é baseada em anos de pesquisa e testes com as mais variadas técnicas de estudo.

Essas dicas de estudo deram certo para mim e para várias pessoas ao redor do mundo. Peço que você dê uma chance a cada um delas, aplicando elas em seus estudos e vendo os resultados com os seus próprios olhos. Garanto que não se arrependerá.

Dito isso, vamos para mais um post do blog Aluno Nota 1000, descobrir as melhores dicas de estudo.

#10ª Dica – Fazer pausas durante o estudo

Fazer pausas no Estudo.
Fazer pausas no estudo com a técnica Pomodoro aumenta eficiência do aprendizado. (Foto: Unsplah – NeONBRAND)

Em 10º lugar na nossa lista das melhores dicas de estudo temos a seguinte dica: fazer pausas durante o estudo.

Ou seja, ao invés de estudar por 3, 4 ou mais horas seguidas, você poderá dividir o seu tempo de estudo em sessões menores de por exemplo 30 minutos cada. Fazendo pausas de por exemplo 5 minutos entre cada sessão de estudo.

Por que usar essa dica de estudo?

Pelo motivo de quanto mais tempo você passa estudando, menor é a sua concentração e consequentemente menor será o seu aprendizado. Isso acontece porque para o cérebro funcionar ele necessita de várias substâncias. E conforme elas vão sendo gastas com o seu estudo, menor é a capacidade do cérebro

Querer estudar com o cérebro cansado é como quer andar com um carro sem gasolina, simplesmente não funciona. Mas fique tranquilo, para resolver esse problema basta fazer um pausa nos estudos e o seu cérebro será “reabastecido”.

Como colocar essa dica na prática?

Para colocar essa dica em prática, você poderá simplesmente utilizar a técnica Pomodoro. A qual consiste de sessões de estudo com 25 minutos e intervalos de 5 minutos. Após 4 sessões de estudos, você terá direito a uma pausa maior, de 15 minutos.

Você também pode modificar os intervalos de estudo e de pausa, conforme achar que funciona melhor nos seus estudos. Para facilitar a sua vida, existem vários sites, como o Pomodoro Tracker, o Tomatoid e o TomatoTimer, assim como vários apps, que permitem que você utilize sem dificuldades a técnica Pomodoro.

#9ª dica – Se recompensar após cada sessão de estudo

Recompensas por Estudo
Se recompensar após cada sessão de estudos facilita o aprendizado (Foto: Unsplash – Brian Chan)

Ocupando o 9º lugar da nossa lista das melhores dicas de estudo está a seguinte dica: Se recompensar após cada sessão de estudos.

Lembra que na dica anterior eu lhe sugeri dividir todo o seu tempo de estudo em sessões menores com intervalos entre elas? Pois bem, durante esse intervalos você deve e precisa fazer algo divertido como recompensa, tanto para relaxar a mente quando para associar o estudo a coisas prazerosas.

Por que usar essa dica de estudo?

Todo mundo concorda que sentar para estudar muitas vezes é algo bastante chato. Você não consegue se concentrar nos estudos, fica literalmente agoniado e cada segundo de estudo parece mais uma eternidade.

Isso acontece por vários motivos, sendo o principal deles o fato que desde criança associamos estudo como algo ruim. Dessa forma, para desenvolvemos prazer pelos estudos precisamos associá-lo com coisas boas, positivas e prazerosas. E a melhor forma de fazer isso é através de uma sistema de recompensas.

Assim, o nosso cérebro entenderá que estudar é algo bom. Tornando muito mais fácil de você conseguir passar dias e dias estudando.

Como colocar essa dica na prática?

Para colocar essa dica em prática, basta seguir a dica anterior e estabelecer sessões de estudo seguidas de intervalos. Nesses intervalos você irá aproveitar para se recompensar, fazendo algo que gosta muito.

Pode ser qualquer coisa que lhe der prazer, tipo chocolate, uma olhadinha no facebook e/ou whatsapp, um episódio de sua série favorita, entre outros. Sinta-se livre para escolher a melhor recompensa pelo esforço gasto para estudar.

#8ª dica – Desenvolver o prazer pelos estudos

Desenvolver o prazer de estudar
Desenvolver o prazer de estudar facilita e melhora o aprendizado (Foto: Unsplash – Jared Erondu)

Seguindo a vibe da dica anterior, temos a 8ª melhor dica de estudos: Desenvolver o prazer pelos estudos.

Como dito anteriormente, estudar para muitas pessoas é a coisa mais chata do mundo. Por esse motivo, elas não conseguem estudar por muito tempo e/ou aprender o conteúdo estudado.

Agora, imagina se estudar fosse tão divertido como assistir a sua série favorita? Garanto que você conseguiria passar horas e horas estudando, sem nem ao menos ver o tempo passar.

Por que usar essa dica de estudo?

Pelo simples motivo de que passar horas fazendo algo que você não gosta é praticamente uma tortura. E a menos que você seja um sadomasoquista, garanto que não gosta de se torturar.

Desenvolvendo o prazer pelos estudos, você poderá estudar mais e aprender melhor. O que lhe garantirá ótimos resultados na sua vida estudantil.

Como colocar essa dica na prática?

Você pode seguir várias estratégias para desenvolver o prazer pelos estudos. A primeira dela já foi falada aqui, que é se recompensar após cada sessão de estudos.

A segunda forma é tendo metas e objetivos claros. Se você está estudando para passar no Enem, por exemplo, então poderá colocar como meta fazer uma redação por semana, um simulado por mês, etc.

Quando você tem um objetivo definido e metas traçadas, seu cérebro passa a entender que todo esforço de estudo será recompensado no futuro.

Uma terceira forma de desenvolver o prazer pelos estudos é procurar entender a importância daquele conhecimento que você está adquirindo tem para a sua vida. Quando percebemos a importância do estudo, ele deixa de ser uma obrigação e passa a ser algo importante e prazeroso. Afinal, você estará vendo propósito no que está estudando.

#7ª dica – Entender que errar é normal

Errar é normal
Errar é normal e ajuda nos estudos (Foto: Unsplash – Estée Janssens)

Em 8º lugar, temos a seguinte dica de estudo: Entender que errar é normal.

Todo mundo comete erros, afinal errar é humano. Porém, eu vejo muitos estudantes que ficam tristes e depressivos quando erram questões em provas. Resultando em notas baixas e deixando-os muito desanimados.

Contudo, é necessário que entender que errar e aprender andam juntos. São as duas faces de uma mesma moeda. Para aprender você precisa errar, e quando mais você erra mais você aprende.

Por que usar essa dica de estudo?

Se você pretende ser aprovado em um concurso ou passar no Enem e/ou vestibulares. Então, precisará responder centenas de perguntas durante a sua preparação. E muitas dessas suas respostas estarão erradas. Porém você não pode deixar esses erros desanimem você. Pelo contrário, precisa aprender com eles e responder cada vez mais questões.

Certa vez perguntaram a Thomas J. Watson o que era necessário fazer para ter mais sucesso. Ele respondeu: “duplique sua taxa de fracasso e você terá o dobro de sucesso.” Ou seja, quando mais você errar, mais sucesso terá.

Como colocar essa dica na prática?

Tente responder um simulado de um assunto que você está estudando. Veja quantas perguntas acertou e quantas errou.

Continue estudando esse assunto e após uma semana faça um novo simulado. Veja agora quantas respostas você acertou e quantas errou. Garanto que sua taxa de acertos subiu bastante.

Dessa forma você aprenderá na prática a importância e a necessidade de entender que errar é normal e necessário para o aprendizado.

#6ª dica – Variar disciplinas e assuntos

Variar disciplinas e assuntos
Variar disciplinas e assuntos evita cansaço mental e aumenta eficiência nos estudos (Foto: Unsplash – Element5 Digital)

E ocupando o 6º lugar da nossa lista das melhores dicas de estudo, está uma das minhas favoritas: Variar disciplinas e assuntos.

Sabe quando você está estudando uma única disciplina e depois de um tempo, começa a ficar de saco cheio dela? Isso é perfeitamente normal e acontece fica esgotado daquele assunto e nem consegue absorver informações novas. Muito menos racionar para responder perguntas sobre a disciplina estudada.

Uma forma simples de resolver esse problema, facilitando o seu estudo e aumentando a aprendizagem, é variando disciplinas e assuntos conforme vai estudando.

Por que usar essa dica de estudo?

Cada vez que você trocar de disciplina é como se estivesse reiniciando o seu cérebro, tirando ele da zona de conforto e permitindo que seja utilizando em todo o seu potencial.

Dessa forma, poderá obter um rendimento muito maior dos seus estudos. Além de não deixar o seu cérebro esgotado com um único assunto.

Como colocar essa dica na prática?

Faça um lista com todas as disciplinas e assuntos que precisa estudar em determinado dia. Agora, classifique esses assuntos por ordem de importância e dificuldade, de forma que os mais importantes e mais difíceis fiquem no topo da lista.

Evite colocar assuntos da mesma disciplina um após o outro. Coloque um assunto de uma disciplina diferente entre eles. Assim você terá um lista variada de assuntos e disciplinas a serem estudados.

Agora, basta apenas se sentar e começar as suas sessões de estudos.

#5ª dica – Aprender sobre meta-aprendizagem

Meta-aprendizagem
Aprender sobre Meta-aprendizagem pode levar os seus estudos ao outro nível (Foto: Unsplash – William Iven)

Em 5º lugar temos uma dica muito importante que praticamente nenhum aluno põe em prática: Aprender sobre meta-aprendizagem.

Mas o que seria meta-aprendizagem? A meta-aprendizagem é o estudo sobre como funciona a aprendizagem, é o famoso “aprender a aprender”.

Vários estudiosos, pesquisadores e cientistas dedicaram e dedicam suas vidas a pesquisar sobre esse assunto. Porém, infelizmente o nosso sistema educacional pouco se importa com as descobertas da ciência e continua usando um metodologia defasada e ultrapassada.

Contudo, acredito que se você está lendo esse post, é porque tem interesse em aprender sobre como aprender melhor.

Por que usar essa dica de estudo?

O cérebro humano funciona de determinada maneira, a aprendizagem e a memorização também funcionam assim. Se você não os conhecem, nunca poderá obter o máximo de rendimento dos seus estudos.

Terá que se matar estudando e no final da contas, não aprenderá tudo aquilo que poderia ter aprendido. Gerando frustração e afastando você dos seus sonhos.

Por isso é muito importante sempre buscar entender e aprender sobre como funciona o cérebro, a aprendizagem e a memória.

Como colocar essa dica na prática?

Você já está colocando essa dica em prática, afinal está lendo um artigo sobre as melhores dicas de estudo.

Aconselho sempre está pesquisando dicas e técnicas de estudo. E se possível também ler livros sobre esses assuntos.

Após isso, é só colocar essas dicas na prática e ver os resultados. Com o passar do tempo você se tornará um mestre do aprendizado e poderá aprender qualquer coisa, de forma rápida e fácil.

#4ª dica – Cuide sempre da saúde

Saúde e Estudos
Cuidar da saúde melhora rendimento nos estudos (Foto: Unsplash – Emma Simpson)

Continuando a nossa lista das melhores dicas de estudo, temos em 4º lugar, uma dica importantíssima: Cuidar sempre da saúde.

Muitas pessoas deixam de lado a saúde quando estão estudando para algo importante. Seja para alguma prova da escola ou faculdade, seja para enem ou vestibulares.

Comem mal, dormem pouco e não praticam nenhum exercício físico. Por causa disso, vivem sobre constante estresse e acabam desanimando com os estudos.

Essa situação deve ser evitada ao máximo, o estudo precisa se tornar algo natural e prazeroso, e não um fonte de estresse.

Por que usar essa dica de estudo?

Primeiro, porque não vale a pena sacrificar a sua saúde pelos estudos. Por mais importante que eles sejam, estamos falando aqui da sua saúde, ou seja da sua vida e do seu bem-estar.

Apesar de em alguns casos ser bastante difícil conciliar vida saudável com vida de estudos, sempre dá para encontrar um equilíbrio e uma solução para isso.

E segundo, porque para ter um aprendizagem eficiente e conseguir se dá bem nas provas, é necessário que o seu corpo e sua mente estejam descansados e saudáveis.

O cérebro cansado, com sono e mal nutrido jamais terá o mesmo desempenho de um cérebro que está totalmente saudável.

Como colocar essa dica na prática?

Se alimente de forma saudável, evite comer besteiras como salgados, recheados e comida de fast-food. Assim como também evite de passar longos períodos sem se alimentar. O ideal é comer de 3 em 3 horas.

Também faça exercícios físicos, pelos menos 2 a 3 vezes por semana. Pode ser algo simples como uma caminhada no parque de 30 min, ou uma partida de futebol com os amigos.

E sempre durma bem. Evite virar a noite estudando, isso só prejudica o seu cérebro e os seus estudos. É recomendado dormir uma média de 8 horas por dia, mas 6 horas já é o suficiente para o cérebro descansar.

#3ª dica – Tenha uma rotina de estudos

Rotina de Estudos
Ter uma rotina de estudos torna o aprendizado automático (Foto: Unsplash – Chris Adamus)

E ocupando o 3º lugar da nossa lista das melhores dicas de estudos, temos uma dica essencial: Tenha uma rotina de estudos.

Estudar pode ser um saco muitas vezes, você se sentir cansado, indisposto ou querer fazer alguma outra coisa. E acabar procrastinando e acabar não estudando nada, o que será muito prejudicial para os seus estudos.

Porém, quando você possui uma rotina de estudos, estudar se torna algo automático e natural, que é feito sem esforço e sem estresse da sua parte. Por isso é muito importante ter uma rotina de estudos.

Por que usar essa dica de estudo?

O grande filosofo grego Aristóteles já nos dizia: “Nós somos aquilo que repetidamente fazemos. Excelência, portanto, não é um ato, mas um hábito.”

Ou seja, se queremos passar em uma prova difícil, no enem ou no vestibular, temos que estudar todos os dias de forma consistente. Assim desenvolveremos o hábito de estudar e teremos nossa rotina de estudos.

Como colocar essa dica na prática?

O hábito é composto de três partes: a deixa, o hábito e a recompensa. Para criar uma rotina de estudos você precisará entender e aplicar na sua vida esses três conceitos.

A deixa é aquela ação específica que você irá fazer antes de estudar. A função dela é sinalizar ao seu cérebro que agora é hora de estudar.

Eu por exemplo coloco alguma das minhas playlists favoritas para tocar e bebo água toda vez que vou começar a estudar. Dessa forma meu cérebro sabe que hora de estudar e irá se manter focado e concentrado no estudos.

O hábito é o próprio ato de estudar, não tem muito o que explicar aqui. Após realizar a sua deixa, você deve iniciar de imediato os seus estudos.

A recompensa é o 3ª parte da rotina, sendo super importante para o seu cérebro entender que estudar é um hábito bom e deve ser mantido e feito todos os dias.

Aconselho escolher um local e horário específico para estudar todos os dias, pode ser o seu quarto no horário da noite por exemplo. Isso facilitará a criação da sua rotina de estudos.

Estudos indicam que demora cerca de 21 dias até um hábito ser consolidado. Pode demorar um pouco mais ou pouco menos, mas o importante é estudar todos os dias.

#2ª dica – Tenha objetivos e planejamento

Objetivos e Planejamento
Ter objetivos e planejamento é a chave do sucesso (Foto: Unsplash – Estée Janssens)

No nosso pódio das melhores dicas de estudo, ocupando o 2º lugar e ganhando a medalha de prata, temos a seguinte dica: Tenha objetivos e planejamento.

Essa é uma dica dupla e super importante, os alunos e pessoas em geral que conseguem alcançar os melhores resultados e conquistar os seus sonhos possuem em comum duas coisas:

Possuem objetivos, o que os mantêm focados nos estudos, mesmo nos assuntos mais chatos e difíceis.

E fazem um planejamento de como alcançaram os seus objetivos, facilitando muito os seus estudos.

Por que usar essa dica de estudo?

Sem objetivos nos estudos, você não irá conseguir a motivação e força de vontade necessárias para estudar, ficará desaminado com os estudos e não obter sucesso nos mesmos.

Por outro lado, sem um planejamento de estudos, você ficará totalmente perdido, não sabendo o que estudar, quando estudar, quais assuntos estudar primeiro e quais estudar depois, quando fazer simulados, etc.

Como colocar essa dica na prática?

Para definir os seus objetivos, basta seguir os seguintes passos:

Pegue uma folha de papel e escreva tudo aquilo que você quer conquistar, seja um prova que deseja passar, seja a faculdade dos seus sonhos, ou aquele concurso público que mudará a sua vida.

Agora escreva os motivos pelo qual você deseja aquilo. E um sonho de criança? Mudará a sua vida? Você sempre quis e nunca conseguiu realizar? Etc, o importante é listar todos os seus motivos.

Agora que já foram definidos os seus objetivos e os motivos por trás deles. É hora de realizar o seu planejamento, ou seja, de traçar um plano de como irá conseguir atingir esse objetivo.

Se for para uma prova liste todos os assuntos que você tem estudar. Veja quanto tempo falta até a data da prova e divida a quantidade de assuntos pelo número de dias, assim você irá estudar um pouco todos os dias e conseguirá se dá bem na prova.

Reserve alguns dias para realizar revisões, simulados e redações. Por exemplo, você pode estudar de segunda a sexta, fazer uma revisão geral e uma redação no sábado, e no domingo responder um simulado.

Dessa forma, quando chegar o dia da prova, você estará super bem preparado e poderá tirar uma nota super alta.

#1ª dica – Sempre revise suas aulas

Revisão de aula
Aula dada, aula estudada hoje (Foto: Unsplash – Green Chameleon)

E por último na nossa lista das melhores dicas de estudo, ocupando o honroso 1º lugar, está a melhor dica de todas: Sempre revise suas aulas.

Ou se preferir, nas palavras do grandioso professor Pierligui Piazzi: “aula dada, aula estudada hoje.”

Se você seguir apenas essa dica, eu se garanto com 100% de certeza que seus estudos irão para o próximo nível e você aprenderá muito mais rápido e fácil qualquer assunto.

Por que usar essa dica de estudo?

Um dos principais temores de qualquer estudante é a quantidade gigantesca de assuntos que ele precisa estudar, memorizar e aprender.

Muitas se sentem perdidos diante de tanto assunto e entram em desespero quando as provas se aproximam.

Essa dica existe exatamente para resolver esse problema. Ao invés de deixar acumular todo o assunto da prova para estudar no anterior a ela, você deve revisar todos os dias os assuntos que foram dados em aula.

Assim o seu cérebro entenderá que tais assuntos são importantes e irá salvar eles na memória. E quando chegar o dia da prova, voilà, você lembrará de praticamente tudo que estudou.

Como colocar essa dica na prática?

Todos os dias após as aulas, você deve chegar em casa e revisar o que dado em sala de aula.

Existem várias formas de fazer isso. As principais são as seguintes:

Pegar uma folha de papel em branco e tentar lembrar de cabeça de tudo que foi estudado na aula. Escrevendo tudo que lembrar na folha e depois comparando com suas anotações da aula. Assim, poderá perceber o que lembrou e aprender aquilo que não lembrou.

Outra forma interessante é responder perguntas sobre os assuntos estudados. Dessa forma, poderá ver na prática o quanto aprendeu e o quanto ainda precisa estudar.

E por último, mas não menos importante, você poderá sempre ler capítulos de livros relacionados ao que você viu na sala de aula. Complementando e aumentado o seu aprendizado.

Fazendo isso todos os dias, você estará estudando pouco e aprendendo muito.

Bônus: dicas de estudo extras

Dicas de estudo bônus
Dicas de estudo bônus para você (Foto: Unsplash – Kira auf der Heide)

Se você leu esse artigo até o final, significa que está realmente interessado em melhorar os seus estudos e aprender mais e melhor. Por isso, lhe darei um presente, algumas dicas de estudos extras que também lhe ajudaram muito.

Sempre participe das aulas, mesmo que você seja tímido ou não goste de falar, tente ao máximo participar das aulas. Seja fazendo perguntas ao professor ou prestando o máximo de atenção na aula.

Responder exercícios é uma das melhores formas de aprender, pode até parecer chato no começa, mas com o tempo você até mesmo achará divertido.

Leia o livro do professor Pierluigi Piazzi, Aprendendo Inteligência, esse livro me ajudou muito e garanto que também lhe ajudará.


Isso é tudo por esse post, espero que tenha gostado das melhores dicas de estudo e que essas dicas lhe ajudem a estudar melhor e conquistar os seus sonhos.

Deixe o seu comentário logo abaixo e caso deseje curta nossa página no facebook.

Obrigado e até o próximo post.

Aluno Nota 1000!

Inscreva-se no nosso e-mail para ficar por dentro das últimas novidades do blog.